Artigos
 
Os Arquitetos, Engenheiros e Designers no Mercado de Projetos e Serviços.
 
As áreas de atuação profissional de prestação de serviços de arquitetura, engenharia e design são muito amplas e muitas vezes são multidisciplinares, exigindo a participação de profissionais com diferentes formações para elaborar um plano ou projeto. O mercado de trabalho cresceu e ampliou-se significativamente nos últimos dez anos em termos de diferentes oportunidades e de tipos de serviços. Os profissionais que procuram ampliar suas participações no mercado, ou que pretendem atuar em novos mercados, as vezes tem dificulades em elaborar uma proposta que seja adequada ao cliente, e atenda aos requisitos técnicos e profissionais do escritório.

O mercado de trabalho com uma diversificação cada vez maior de tipos de serviços e de áreas de atuação cria milhares de alternativas de produtos a serem oferecidos aos clientes nas áreas de estudos de viabilidade, planos diretores e projetos de arquitetura e urbanismo, e das diversas especialidades de engenharia.

Os experts em marketing de seviços defendem o princípio de que : o serviço a ser elaborado pelo profissional deve ser adaptado às necessidades do mercado, e não ao contrário, que o mercado deve adaptar-se ao serviço que o profissional tem a oferecer. Esta adaptação necessariamente deverá atender às necessidades do escritório, e estar de acordo com os princípios profissionais defendidos pelo profissiolnal. Ou seja, um produto confiável, e por um preço que o cliente queira e possa pagar, e que resulte também em um serviço lucrativo para o escritório.

O curso de Gerenciamento & Marketing de Projetos oferecido pela Centralcon Cursos Empresariais, tem por objetivo divulgar uma metodologia que abrange todas as atividades gerenciais e de marketing do escritório de Arquitetura e de Engenharia. Inicia-se com a preparação da proposta para o cliente, na qual se mostra como formatar o produto a ser oferecido ao cliente, como quantificar o produto, e como calcular o preço do produto, com base no custo do escritório para executar o serviço, e não com base no preço da obra, como nas tabelas de honorários.
O preço a ser calculado para o serviço vai ser um preço preciso para aquele serviço, de forma que atenda às necessidades do cliente e à lucratividade desejada para o escritório.

Nesta fase inicial de preparação da proposta de preço para o cliente são gerados os dados que servem de base para o gerenciamento do projeto, para que se obtenha no final do projeto o lucro orçado. Desta forma, pode-se adaptar o serviço às necessidades do cliente, e às necessidades do escritório. E ainda, com base nesta metodologia, o profissional vai ter parâmetros e instrumentos para conquistar novos mercados de atuação profissional, e ampliar a área de atuação do escritório.